terça-feira, outubro 11, 2005

CINEMA DE QUEBRADA NO CENTRO CULTURAL SÃO PAULO

Rua Vergueiro, 1000 - Paraíso - CEP 01504-000 - São Paulo - SP fone: 3277-3611
dia 15 - sábado14h

João Cândido(Nós do Cinema, Brasil/RJ, cor, 20min) realização: coletiva
João Cândido foi o líder das Chibatas, em 1910. Neste episódio muitos marinheiros morreram por más condições de tratamento.

Vida na rua

Improvise!
(Brasil/SP, cor, 12min) Filmagens Periféricas - realização: coletiva.
Documentário feito com a participação de ex-alunos das oficinas Kinoforum. Em São Paulo, no bairro Cidade Tiradentes, um grupo de jovens discute a dependência cultural e a presença do audiovisual na periferia.



ProduçãoPrograma: Na correria: os oposto se atraem... FAAP & PERIFERIA.
dia 22 - sábado 14h


Defina-se(Brasil/SP, 2002, cor, 4min) realização: Kelly Regina Alvez, Claúdio N. de Souza, Daniel M. Hilário
Manifesto audiovisual sobre a trajetória dos negros no Brasil, da senzala à periferia da cidade grande.

Telepata(FAAP, Brasil/SP, 2002, cor, 15min)realização: Gustavo Brandão Uma tragédia fatalista narrada na zona portuária de Santos. Adaptação da crônica O telepata, de Plínio Marcos.

Tele visões (Oficinas Kinoforum, Brasil/SP 2002, cor, 14min)realização: coletivaDocumentário sobre a relação do homem com a televisão.

Bípedes(FAAP, Brasil/SP, 2001, cor, 19min) realização: Caetano CarusoUma série de acontecimentos faz com que os destinos de um grupo de pessoas se cruzem.

Mulher de amigo



FormaçãoPrograma: Ampliando Outros Horizontes
dia 29 - sábado14h


Arroz, feijão e macarrão(Arroz, Feijão Cinema e Vídeo, Brasil/SP, 2004, cor, 13min)realização: Éder Augusto e Vanice Deise.
Uma história sobre miscigenação em sampa. Macarrão saiu da prisão, Feijão vende roupas e Arroz tem uma banca de Yakissoba.

Bairro sem calçadas(MuCCA - Mudança com Conhecimento Cinema e Arte, Brasil/SP, 2004, cor, 5min)realização: coletiva Documentário que aborda a questão da ocupação dos mananciais em São Paulo.

Paratodos(Joinha Filmes, Brasil/SP, 2004, cor, 8min)realização: coletiva. Documentário que tenta explicar as diferenças entre a USP e os moradores de periferia.

Cinema de periferia(Brasil/SP, 2005,1min30, cor - videoclipe)Realizado com novos aparatos tecnológicos para festival na Europa.

Dia de visita (Realidade cruel)(Instituto Criar de TV e Cinema, Brasil/SP, 2005, cor, 7min)realização: coletiva. Ao receber visita da família, detento se arrepende dos seus crimes.

O tempo e o ritmo(Brasil/SP, 2005, cor, 6min)realização: Wilq Vicente, Anderson Castilho, João Carlos e Emerson Lisboa O cotidiano de três jovens: um indígena, um morador da Cidade Tiradentes e outra do bairro Morumbi.

2 comentários:

Marilena disse...

Olá pessoal!
Eu e uns amigos montamos um grupo chamado "sonÂmbulose dragões" que visa movimentar as universidades e principalmente a nossa! Estávamos descontentes e indignados com o silêncio presente na universidade em relação a alguns assuntos extremamente importantes de nossa sociedade. Entre eles, a diversidade étnica, sexual, liberdade de expressão e crise política.
ninguém acredita, mas não temos ligação com nenhum partido político, apenas nos juntamos para realizar algo que nos chamava de alguma forma. Queremos, além de promover debates e apresentações diversas, que a comunidade se aproprie dos espaços acadêmicos que é tido como um lugar das "elites". Ouvimos muito na universidade professores falando sobre a função social da mesma, mas a comunidade da periferia tem acesso restrito aos seus espaços. Gostaríamos de trabalhar essa união, mas não como vemos contumeiramente, no sentido das pessoas irem lá para receberem auxílio psicológico ou jurídico. Sabemos que esses serviços são importantes, mas queremos que a periferia se aproprie da universidade e mostre seus trabalhos, sua vida, enfim...o que quiser mostrar!!!
Como vimos aqui vários trabalhos, bem como, na revista Ocas, o que pedimos é que quem estiver disposto a construir esse espaço nas universidades, ou quem sabe desconstruir...será bem-vindo...
Poderão ser apresentados filmes, exposições de fotografia, bem como, qualquer outra coisa que queiram...
Qualquer interessado em apresentar seu trabalho no nosso evento é só entrar em contato conosco. Também termos debates sobre os assuntos elencados anteriormente e pedimos a colaboração de pessoas que queiram participar ou falar sobre algum desses temas.

Marilena Farias
Grupo Sonâmbulos e Dragões

Marilena disse...

Esqueci de deixar meu telefone!!!
Marilena Farias
Tel: 97501943
Sonâmbulos e Dragões